Utilizando todo o potencial de pesquisa do Google

Como o Google é um dos sites de busca mais famosos no mundo. Neste artigo aprenderemos a utilizar esta poderosa ferramenta e aproveitar melhor o seu potencial nos aprofundando em dicas e macetes em nossas pesquisas.

Vamos iniciar no básico, a estrutura do Google, verifique a Figura 1:

Figura 1 – Estrutura do Google

  1. Campo da Pesquisa
    Nesse campo, nós inserimos uma consulta no Google. Basta digitar algumas palavras e clicar no botão Pesquisa Google.

  2. Botão Pesquisa Google
    Clique nesse botão para enviar as palavras que serão pesquisadas. Você também pode usar a tecla “enter” para enviar uma consulta.

3. O botão “Busca Direta” ou “Estou com Sorte” leva automaticamente à primeira página que o Google retornar para a sua consulta, sem exibir nenhum resultado da pesquisa.

4. Imagens

Permite realizar uma busca por imagens na web, da mesma forma que realizamos a busca por sites.

Vamos ver agora a estrutura da página que aparece o resultado da pesquisa, acompanhe na Figura 2:

Figura 2 – Estrutura da Página de Pesquisa

  1. Título da Página
    A primeira linha do resultado é o título da página da Web localizada.

  2. Texto abaixo do título
    Esse texto é um resumo da página retornada pelo resultado. O texto retornado não é, necessariamente, o primeiro texto na página, mas é um trecho que inclui um ou mais termos da sua consulta que são destacados em negrito.

  3. Linha da Estatísticas
    Essa linha indica o número de resultados retornados para a sua consulta e o tempo que levou para completá-la.

  4. Resultado Recuado
    Quando o Google localiza várias pesquisas no mesmo site da Web, o resultado mais relevante é relacionado e as outras páginas importantes desse mesmo site ficam recuadas abaixo dela.

  5. Endereço do Resultado
    Esse é o endereço na Web do resultado retornado.

  6. Tamanho
    O próximo número na linha é o tamanho da parte do texto na página da Web.

11. Link em Cache

Se você clicar nesse link, verá o conteúdo da página da Web até o momento da última vez que ela foi copiada pelo Google. Para sites cujo conteúdo é alterado rapidamente, como sites de notícias, o conteúdo atual de uma página pode não ser um bom correspondente para a sua consulta.

Se, por algum motivo, o link do site não o conectar à página atual, você ainda pode recuperar a versão em cache e localizar nela as informações necessárias.

  1. Páginas Semelhantes
    Ao clicar no link Páginas Semelhantes para um resultado em particular, o Google explora, automaticamente, a Web para localizar páginas relacionadas a esse resultado. Quando esse utilitário procura páginas relacionadas, tenta localizar páginas no mesmo nível de generalidade. Por exemplo, se a primeira página for a página inicial de uma universidade, o Google retornará as páginas iniciais de outras universidades. No entanto, se a primeira página for a do departamento de ciências da computação da universidade, ele localizará outros departamentos de ciências da computação relacionados, não universidades relacionadas.

Pesquisa Básica

Para fazer uma consulta no Google, basta digitar algumas palavras e pressionar a tecla “enter” (ou clicar no botão Pesquisa Google) para aparecer uma lista de sites que contenham a palavra ou a expressão procurada.

O Google retorna páginas que incluam todos os seus termos de busca. Para realizar uma busca com mais profundidade basta incluir mais termos.

Use o bom senso na hora de selecionar as palavras-chave para a sua busca. Selecione palavras específicas e descritivas. Por exemplo, Receita Bolo Fubá em vez de receita; ou Campeonato Futebol Brasileiro 2007 em vez de Futebol.

Palavras Descartáveis

O Google ignora palavras e caracteres comuns, conhecidos como palavras descartáveis. Por exemplo: onde, como. O Google automaticamente descarta dígitos ou letras isoladas, porque eles raramente ajudam na busca e podem torná-la consideravelmente mais lenta.

Use o sinal “+” para incluir palavras descartáveis na sua pesquisa. Tenha a certeza de incluir um espaço antes do sinal “+”.

Maiúsculas, minúsculas e acentos

As buscas no Google não são sensíveis a maiúsculas e minúsculas. Todas as palavras, independentemente da forma como forem escritas, serão entendidas como minúsculas. Por exemplo, buscas por “google”, “GOOGLE” ou “GoOgLe” trarão os mesmos resultados.

As pesquisas padrões do Google não são sensíveis a acentos, ou seja, contém e contêm encontrarão as mesmas páginas. Se quiser discriminar as duas palavras na mesma pesquisa, use um sinal + tanto para +contém como para +contêm.

Pesquisa por frase

Se estiver procurando uma correspondência exata, pesquise por frase. Se você colocar as palavras da consulta entre aspas, obterá resultados somente para os termos exatos, na ordem em que você digitou. Por exemplo, “limão amarelo” em vez de limão amarelo.

Excluindo palavras

Você pode excluir uma palavra de sua busca colocando um sinal de menos (“-“) imediatamente na frente do termo que você quer evitar. (esteja certo de que incluiu um espaço antes do sinal de menos). Por exemplo, digitando leite –câncer, vai pesquisar por todas as páginas que possuem a palavra leite, mas que não possuem a palavra câncer.


Pesquisa por tipo de arquivo

Para pesquisar por um determinado tipo de arquivo, basta utilizar o operador filetype:extensão do arquivo.

Por exemplo: windows filetype:doc vai mostrar todos os arquivos com a extensão .doc encontrados com a palavra windows.


Pesquisa alternativa

Para especificar sinônimos ou formas alternativas, você pode utilizar OR ou | (barra vertical).

O operador OR, para o qual você também pode utilizar a barra vertical |, é utilizado para procurar termos alternativos, por exemplo: camiseta OR blusa, vai pesquisar por todas as páginas que incluem a palavra camiseta ou blusa ou ambas.

Se você digitar OR em minúsculo, ou uma de suas letras em minúscula, o Google vai interpretar o operador como uma palavra normal.

Se decidir utilizar a | (barra vertical), não é necessário colocar espaços entre as palavras, por exemplo: televisão|tv|tevê.


Pesquisa por intervalo

Usando o operador .. entre dois valores numéricos, sem espaços o Google irá procurer por todos os números dentro de um intervalo. Por exemplo: Brasil 1400..1700, vai retornar páginas que contém a palavra brasil e números entre 1400 e 1700 incluindo estes.


Restrito a domínio

Algumas palavras, quando seguidas por dois pontos, têm um significado especial para o Google. Uma dessas palavras é o operador “site:”.

Você pode especificar um domínio na caixa de pesquisa do Google introduzindo uma restrição de domínio após o seu termo de pesquisa. Para isso, use o operador “site:” seguido pelo domínio desejado. Por exemplo: concurso site:org, vai mostrar todas as páginas que possuem a palavra concurso e que possuam o domínio .org


Pesquisas com caracteres curingas

Um caractere curinga numa pesquisa do Google pode ser indicado por um asterisco * e representará uma ou mais palavras inteiras de um texto, para que a pesquisa retorne uma seqüência contínua de palavras. Por exemplo, uma pesquisa por vasos * flores, retornará resultados que contiverem as frases “vasos de vidro para flores” e “vasos para arranjo de flores”. Uma forma comum de utilizar o asterisco é para preencher os espaços em branco de uma pesquisa que corresponda a uma questão. Por exemplo: o avião foi inventado por *. Você poderá utilizar mais que um asterisco, tal como vitamina * é bom para *.

Atualmente o Google não suporta pesquisas em que o asterisco indica uma fração ou a extensão de uma palavra. Por exemplo, vasos flor* não encontrará vasos floridos. No entanto, quando apropriado, o Google pesquisará não apenas os seus termos de pesquisa, como também palavras que são similares a alguns ou todos aqueles termos. Se você pesquisar saúde animal, o Google também pesquisará saudável animal e outras variações relacionadas aos seus termos.

Conclusão

Neste artigo aprendemos algumas dicas e macetes de como trabalhar com o Google e com isso aproveitarmos o melhor do potencial que ele pode nos oferecer em nossas pesquisas.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s