Como Instalar Pincéis, Filtros e Outras Melhorias no Photoshop

Quase todo usuário médio de Photoshop adora fuçar os sites e blogs especializados, à caça de “bugigangas” de toda sorte: pincéis inovadores, formas vetoriais, filtros, ações, texturas…

Mas, por muitas vezes, acabam perdidos e sem saber o que fazer com aquele monte de tralha que foi retirada do arquivo compactado que baixou, e depois de tentar muito, acabam sendo obrigados a recarregar a ferramenta a cada inicialização do programa. Ou pior: sabem onde está a pasta de instalação de plugins e melhorias, e sobrecarregam a inicialização com centenas de coisas que no fim das contas, acaba nem usando.

Neste artigo, você vai saber o que fazer com as melhorias que baixou: onde elas podem ser instaladas e como obrigar o Photoshop a carregá-las automaticamente na inicialização.

Como Instalar Pincéis

Em primeiro lugar, óbvio, você vai descompactar o pincel (se ele estiver compactado, como ocorre com certa frequência) em uma pasta no seu computador.

Este é o arquivo do pincel

Daí por diante, o que você vai fazer dependerá de alguns fatores:

1°) Você quer que esse pincel seja carregado sempre, logo que o Photoshop for iniciado? Nesse caso, deverá colocar o arquivo do pincel na pasta padrão dos pincéis. A pasta padrão de pincéis do Photoshop (por exemplo, versão CS4) fica no caminho:

C:\program files\Adobe\Adobe Photoshop CS4\Presets\Brushes

ou em português:

C:\arquivos de programas\Adobe\Adobe Photoshop CS4\Predefinições\Pincéis

É nesta pasta que você deverá colocar o arquivo que foi baixado. Para abrir esta pasta, basta usar o Windows Explorer (para os usuários do Windows, claro), ou usar o comando Executar (tecla do Windows + R), escrever o endereço nela, e pressionar OK.

Coloque o arquivo dentro da pasta.

Pronto. A cada inicialização, o pincel estará lá, nas opções da Ferramenta Pincel (atalho: B).

Pincel já instalado

2°) Você pretende usar o pincel só uma vez?

Nesse caso, não vale a pena instalar, é melhor então apenas carregá-lo quando for usar. Para isso, use o menu da ferramenta. Veja:

Vamos carregar o pincel externo…

…que está na pasta onde você o descompactou ou baixou. Os pincéis serão carregados na mesma lista dos pincéis abertos no momento, logo depois deles.

Instalar formas vetoriais, ações, misturadores de canais, degradês..

O processo é praticamente o mesmo visto no caso dos pincéis. Repare que na pasta Presets (Predefinições), há muitas outras pastas com nomes relacionados aos componentes: Custom Shapes, Brushes, Gradients… Basta colocar o arquivo na pasta apropriada e reiniciar o Photoshop.

Itens da pasta Presets (Predefinições)

Essas são as pastas em que os componentes mais comuns estão instaladas:

  • Pincéis: Brushes
  • Formas Vetoriais: Custom Shapes (Formas Personalizadas)
  • Ações: Actions
  • Misturadores de Canais: Channel Mixer
  • Degradês: Gradients
  • Padrões: Patterns
  • Texturas: Texturas (óbvio não?)

ATENÇÃO:  Se você não entendeu direito, ou não sabe como fazer, é melhor não mexer! Estragar, renomear ou mover arquivos destas pastas pode tornar algumas funcionalidades (se não o programa todo) inativas. É extremamente simples, mas saiba o que está fazendo, ok?

Como Instalar Filtros

Tal como antes, normalmente basta colocar o arquivo (ou arquivos) do filtro na pasta certa; neste caso, ela fica em (outra vez, tomando como exemplo o Photoshop CS4):

C:\program files\Adobe\Adobe Photoshop CS4\Plug-Ins\Filters

Conteúdo parcial da pasta de filtros de Photoshop

Se o filtro baixado estiver contido em uma pasta, coloque-a inteira dentro da pasta Filters. Se for apenas o arquivo, simples: passe o arquivo para a pasta. Veja o exemplo:

Movendo o filtro de onde foi baixado para a pasta “Filtros”

Reinicie o Photoshop e procure… Lá está o filtro, devidamente carregado

Se preferir, em vez de instalar o filtro na pasta padrão do Photoshop, você pode “dizer” ao programa para carregar plugins de uma pasta externa. Isto é muito útil, por exemplo, caso você queira carregar plugins de outro programa e que sejam compatíveis.

Siga ao menu Editar > Preferências > Plug-Ins.

Marque a opção Pasta Adicional de Plug-Ins; automaticamente será aberta uma janela para você navegar até a pasta de plug-ins adicionais. Selecione a pasta e clique OK.

Reinicie o Photoshop. Os filtros da pasta de plug-ins adicionais serão carregados normalmente.

Filtro carregado da pasta de plugins adicionais

Um detalhe importante: quanto mais complementos o Photoshop tiver que carregar ao ser iniciado, mais pesado será para o sistema lidar com tudo isso, portanto, não exagere; se já tiver passado da conta e notar que o programa trava com frequência e demora muito tempo para ser iniciado, faça uma limpeza, removendo as coisas que colocou e não usa. Outra vez, é importante lembrar que você deverá saber o que está fazendo para não causar nenhum dano à instalação do Photoshop.

Estas são as instalações mais comuns no Photoshop. Se tiver dúvida sobre algum outro tipo de componente a ser instalado, deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s